TJ/GO 2014 | Justiça no Brasil

A majestosa igualdade das leis, que proíbe tanto o rico como o pobre de dormir sob as pontes, de mendigar nas ruas e de roubar pão. (Anatole France, escritor francês) As leis são como teias de aranha: quando algo leve cai nelas, fica retido, ao passo que se for algo maior, consegue rompê-las e escapar. (Sólon, político grego)

A Justiça sempre foi um campo de discussão, como mostram a charge e os pensamentos acima. Como o cidadão comum vê a Justiça, no Brasil? Que fatores contribuem para essa visão? Explique sua visão do problema com argumentos convincentes, em texto dissertativo-argumentativo escrito em linguagem culta, com número mínimo de 20 (vinte) e máximo de 30 (trinta) linhas.