O imediatismo da sociedade contemporânea

Texto I

“(…) O tempo já não avança mais. Só o agora interessa. Com a disseminação da tecnologia digital, nos tornamos escravos do presente. Constantemente interrompidos por smartphones, e-mails e atualizações em redes sociais, perdemos nossa capacidade de planejar e fazer concessões em nome de um benefício posterior. Desorientados, incapazes de dar sentido histórico ao que acontece à nossa volta, vivemos suspensos na urgência do momento, obrigados a dar conta de tudo ao mesmo tempo.(…)”. (https://bit.ly/2KYlzAy) Acesso em julho de 2018.

Texto II

“(…) Hoje vivemos na modernidade líquida e na sociedade pós – industrial do consumismo, e a passagem da sociedade de produção para a sociedade de consumo foi uma coisa muito poderosa e importante. Mudamos o foco da construção das bases do poder da sociedade sobre a natureza para o contrário: para a cultura do imediatismo, do prazer, da individualização… de identificar a visão da felicidade com o aumento do consumo… Todos esses fenômenos novos pegaram o comunismo totalmente despreparado (…)”. (https://bit.ly/2L8hg2u)

Com base na proposta dos fragmentos, produza um texto dissertativo argumentativo que demonstre seu posicionamento frente ao seguinte tema:

O imediatismo da sociedade contemporânea