Dígrafo X Dífono

Amigo concursando, neste espaço, conversarei sobre a pronúncia correta de alguns vocábulos, os quais apresentam o dífono, vocábulos escritos com X, cuja pronúncia deve ser feita com o duplo fonema KS. Esclarecerei também a diferença entre dífono e dígrafo.

Atenhamo-nos  a alguns vocábulos, cujas pronúncias devem ser realizadas com o duplo fonema KS:
TÁXI  – taKSi
FIXAÇÃO – fiKSação
NEXO – neKSo
SEXO – seKSo
OXIGÊNIO – oKSigêncio

Outros  vocábulos  são  pronunciados  ora de forma correta,  ora de forma inadequada. Como exemplo, apresento os seguintes vocábulos:
LÁTEX – láteKS   – não se deve pronunciar o X com som de S (lates)
TÓXICO – tóKSico – não se deve pronunciar o X com som de CH (tóchico)

Entendamos a diferença do dígrafo para o dífono. O dígrafo é a apresentação de duas letras para a representação sonora de apenas um som (um fonema). O dífono é o inverso. Apresenta apenas uma letra, no caso a letra X, para a representação sonora de dois sons (dois fonemas). A letra X passa a ter som de KS ou CS.

Os dígrafos podem ser classificados como:
Consonantais  – LH  – CH – NH – RR – SS – SC – SÇ – XC – QU – GU
Trabalho – Chamuscar – Desenho – Terral – Possessivo – Crescer – Nasça – Excesso – Queijo – Guerra.
Vocálicos – AM – AN – EM – EN – IM – IN – OM – ON – UM – UN
Campestre – Tanga – Temporal – Centro – Simpático – Singelo – Comboio – Cônsul – Álbum – Abundância.

Muito bem, amigo concursando, ficou ciente de que já não terá mais dificuldades em perceber, em determinados vocábulos, a presença de um dígrafo ou de um dífono, ficou também clara a distinção entre dígrafo e dífono.

Um grande abraço
Até o próximo artigo
Professor Marcelo Braga

www.professormarcelobraga.com.br