Coesão Textual 2 – Lexical

Muito bem, amigo estudante

Neste artigo, daremos continuidade ao estudo da Coesão Textual. No anterior, passamos a ter o conhecimento da Coesão Referencial, pois bem, agora conheceremos a Coesão Lexical, atenhamo-nos ao estudo.

2. Coesão Lexical – mecanismo que envolve a repetição da mesma unidade lexical ao longo do texto ou a sua substituição por outras unidades lexicais as quais com ela mantêm relações semânticas. A coesão lexical pode ocorrer por meio de:
2.1 Reiteração – consiste na repetição do mesmo vocábulo ou na substituição por outro de mesmo valor semântico.
―Imaginar que o racismo no Brasil não existe é não querer aceitar a realidade dos fatos. Trata-se, na verdade, do pior tipo de racismo, além de perverso, pois não se manifesta muito abertamente.
2.2 Substituição lexical – consiste na substituição de uma unidade lexical por outra que, com ela, mantém a mesma ideia de sentido. Pode ocorrer por meio de:
a) Pronomes
Há quem acredite que o sistema de cotas apenas contribui para acentuar o preconceito; há quem afirme que se trata de uma política de governo, cuja manutenção dependerá da boa vontade do próximo governante, o qual deverá pautar a sua política na expansão de programas sociais. (o pronome cujo substitui política de governo. O pronome qual substitui o termo próximo governante. O possessivo sua substitui também o termo próximo governante)
b) Sinônimos – consiste na substituição de um vocábulo por outro de mesmo sentido
Houve época, nas tradições hebraicas, em que se associava a figura do juiz à do criador do universo, quando o magistrado obrava, fosse por uma hora, com inteireza sua sentença. (magistrado sinônimo de juiz)
No século 4 A.C, o filósofo grego Diógenes saiu às ruas de Atenas, com um lanterna na mão, à procura de um homem honesto. No Brasil, especialmente no Congresso Nacional, a palavra probo, embora muito pronunciada, não se faz tão presente. (probo sinônimo de honesto)
c) Quase Sinônimo – consiste na substituição de um vocábulo por outro que, embora não possua o mesmo sentido, contextualmente retoma o vocábulo anterior.
Os jornalistas protestaram após a decisão do STF quanto à não necessidade de diploma para o exercício da profissão. Segundo o sindicado da categoria, essa decisão é afronta à prática de um jornalismo profissional e eficiente.(categoria substitui jornalista – há um quase sinônimo).
d) Hiperônimo e Hipônimo – consiste na relação existente entre um vocábulo de sentido genérico (hiperônimo) e outro de sentido específico (hipônimo).
De todos os répteis, o mais violente é, sem dúvidas, o jacaré. (jacaré é hipônimo de répteis)(répteis é o hiperônimo de jacaré)
Infelizmente, não mais se vê com frequência, nas matas nordestino, o canário-da-terra, hoje esse pássaro está quase que extinção.  (canário-da-terra é hipônimo de pássaro) – (pássaro é hiperônimo de canário-da-terra)

É isso aí
Até o nosso próximo artigo
Professor Marcelo Braga