As vantagens do ensino a distância no Brasil e os seus possíveis desafios.

Texto 1

Em 2017, apenas 23,8% dos jovens entre 18 e 24 anos estavam em algum curso de Ensino Superior. É o que mostra a pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para ajudar a elevar esses números, estimular o ensino a distância é uma saída. Afinal, essa é uma das formas mais acessíveis de cursar uma faculdade, principalmente para os estudantes que precisam conciliar estudo e trabalho.

Segundo dados do Ministério da Educação, o número de polos de ensino EAD autorizados no Brasil cresceu 133%, um ano após a regulamentação do decreto que regulamenta a modalidade.

Antes do decreto, no país, existiam seis mil unidades de ensino a distância. Hoje, esse número já chega a 15 mil. A educação a distância está crescendo em um ritmo cada vez mais acelerado e já é uma opção para quase metade das pessoas que buscam por uma graduação. (Disponível em https://www.em.com.br/app/noticia/especiais/educacao/2018/07/24/internas_educacao,975367/ensino-ead-cresce-no-brasil-mas-ainda-nao-e-a-primeira-opcao.shtml)

Texto 2

A educação a distância cresce em ritmo mais acelerado que o ensino presencial e já é opção para quase metade das pessoas que buscam uma graduação. Pesquisa divulgada, em 22 de maio de 2018, pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) – que representa grande parte do ensino superior particular do país – mostra que 44% dos entrevistados optariam por essa modalidade, enquanto 56% dizem que preferem o ensino presencial. Nesse ritmo de crescimento, o Brasil terá mais alunos estudando a distância que nas salas de aula tradicionais, em 2023.

De acordo com o Censo da Educação Superior, em 2016, 33% dos novos alunos ingressaram no ensino superior na modalidade a distância e 67% em cursos presenciais. Esse número cresceu. Em 2010, 20% ingressaram no EAD e 80% no presencial.

De acordo com a projeção do estudo, se mantido o crescimento da EAD atual, em 2023 mais estudantes ingressarão na modalidade a distância que no presencial. Serão, pelas projeções do estudo, 51% em EAD e 49% no ensino presencial.

Há um ano, o governo publicou um decreto que define os critérios para a oferta de educação a distância. Entre as mudanças está a possibilidade de a instituição privada de ensino superior ser credenciada exclusivamente para oferta de cursos de graduação e de pós-graduação lato sensu (especializações e MBAs) na modalidade a distância. Até então, a instituição deveria também ter algum curso na modalidade presencial.

(Disponível em http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2018-05/ensino-a-distancia-no-brasil)

Texto 3

O EAD está rapidamente se tornando um fenômeno majoritário na maioria dos países ao redor do mundo, como a recente pesquisa Free Online Courses, Recruitment and the University Brand, do instituto internacional ICEF, mostrou. A facilidade e conveniência que o modelo oferece apela para um público localizado em diferentes lugares, especialmente àquele que tenta balancear trabalho, família e outras obrigações com um curso universitário.

Alguns países, como Índia, Coreia do Sul, Estados Unidos e Austrália,  melhoraram seus cursos online mais do que outros, liderando o setor não apenas em termos de número de programas, mas também na variedade deles, além de inovações nos métodos de aprendizagem, que dependem das melhorias nas redes de comunicação e nas conexões à Internet em distintos lugares do mundo.

Texto 4

As dificuldades do curso em EAD

  1. FALTA DE ESFORÇO POR PARTE DOS ESTUDANTES
    Muitos alunos optam por um curso EAD por pensarem que será mais fácil, mas acabam sendo indisciplinados e não se dedicam de fato aos estudos. Segundo o consultor de ensino a distância João Vianney, para uma matéria da Educação UOL, existe no pensamento do aluno que é possível aprender sem esforço no curso EAD, quando, na verdade, será necessário dedicar de 12 a 15 horas de estudo semanais para ter algum aprendizado. Por isso, essa ideia de que o curso EAD é menos exigente que um curso presencial deve ser extinta. Para que o estudante obtenha êxito nessa modalidade, ele deve se dedicar e se disciplinar para estudar.
  2.  ADAPTAÇÃO AO CURSO EAD
    Esse é um grande desafio para um curso EAD. Muitos estudantes não refletem sobre suas próprias limitações. Isso significa que, às vezes, eles não possuem o perfil necessário para se manter em um curso EAD. Eles não se adaptam à modalidade, pois não conseguem administrar o tempo nem manter o mesmo empenho que teriam em uma sala de aula, por exemplo.
  3. CONCILIAR TRABALHO E ESTUDO
    Como um Curso EAD é tão puxado quanto o presencial, os estudantes não conseguem suprir as demandas de atividades. A maioria tem uma rotina corrida e o curso EAD, que deveria ser a resposta para o dilema “trabalhar ou estudar eis a questão”, nem sempre o é. Para evitar frustrações, o estudante deve estar ciente de que um curso EAD exigirá dele determinadas horas de estudo em sua rotina.
  4. ACOLHIMENTO DOS ALUNOS POR PARTE DA INSTITUIÇÃO DO CURSO EaD
    Um dos problemas enfrentados no curso EAD é a forma como ele é conduzido. É necessário que haja acolhimento por parte da instituição e, inclusive, é necessário que haja um suporte aos alunos. Assim, o estudante se sentirá mais motivado para seguir no curso EAD.5. DIDÁTICA UTILIZADA NO CURSO EAD
    A didática utilizada por alguns professores de um curso EAD é um desafio também. Muitos estudantes sentem mais dificuldades do que outros e isso é um fator que os levam a desistir do curso EAD. Por isso que o apoio por parte da Instituição é fundamental. Os estudantes precisam de algum feedback dos professores do curso EAD para superarem suas dificuldades e se sentirem motivados a permanecerem estudando. Dependendo da maneira como é fornecido um atendimento pedagógico ao estudante do curso EAD, os desafios dessa modalidade serão cada vez menores. Porém, tanto a Instituição deve ser atenciosa com os alunos, como os alunos devem se dedicar e se esforçar em seus estudos.
    (Disponível em https://www.estudiosite.com.br/site/moodle/5-desafios-de-um-curso-ead)

    Tendo os textos acima como motivadores, redija um texto dissertativo-argumentativo acerca do seguinte tema: As vantagens do ensino a distância no Brasil e os seus possíveis desafios.