Vozes do Verbo

Vozes Verbais

Amigos concursandos,

Um assunto muito frequente nas provas, especialmente da FCC, são exatamente as Vozes Verbais. Vocês até poderiam me dizer: “Professor Marcelo, não só as vozes verbais, mas também o verbo em seu aspecto mais geral”. Concordo com vocês. São predominantes as questões acerca do Verbo (predicação – flexão –  conjugação – correlação e vozes verbais). Diante disso, irei postar vários artigos acerca deste assunto. Nos artigos, exploraremos as Vozes Verbais, a Predicação, a Conjugação, a Flexão e a Correlação.

Este primeiro artigo será dedicado ao estudo das Vozes Verbais. Vamos, então, iniciar o nosso estudo.

Vozes Verbais
Na Língua Portuguesa, existem as vozes ativa, passiva e reflexiva. Prender-nos-emos às vozes ativa e passiva.

Voz Ativa – composta por verbos de ação, cujo sujeito surge como agente (intransitivos – transitivos)
INTRANSITIVO
Os documentos sumiram.
As vítimas estiveram na delegacia.
TRANSITIVO DIRETO
O procurador releu os autos do processo.
A história nos proporciona este estudo.
TRANSITIVO INDIRETO
Muitos eleitores não acreditam em seus candidatos.
Os advogados referiram-se ao processo anterior.
TRANSITIVO DIRETO E INDIRETO
O comandante solicitou ao oficial um relatório.
Os novos engenheiras entregaram o relatório ao presidente da empresa.

Voz Passiva – composta por verbos de ação, cujo sujeito surge como paciente. Apresenta-se com locuções (SER / ESTAR / FICAR + PARTICÍPIO) ou com pronome apassivador SE. A voz passiva, dessa forma, classifica-se em analítica e sintética.

ANALÍTICA – Formada por um dos auxiliares SER – ESTAR – FICAR mais a forma participal do verbo principal.
A análise da obra foi realizada por um excelente crítico.
A cidade está sitiada por soldados.
A fazenda ficou invadia pelas abelhas.

SINTÉTICA – Formada por um verbo de ação (VERBO TRANSITIVO DIRETO) mais o pronome SE apassivador.
Não se entendeu o enunciado. (Voz passiva)
Não entenderam o enunciado. (Voz ativa)
Este curso faz-se de bons profissionais. (Voz passiva)
Bons alunos fazem este curso. (Voz ativa)

TRANSPOSIÇÃO
A transposição de vozes só deverá o correr com verbos transitivos diretos ou transitivos diretos e indiretos. No momento da transposição, torna-se mister a manutenção do tempo verbal.
A cidade fora recriada pelo arquiteto. (Voz passiva)
O arquiteto recriara a cidade (Voz ativa)
O argente de trânsito aplicará uma severa multa. (Voz ativa)
Uma severa multa será aplicada pelo agente de trânsito. (Voz passiva)
Este curso faz-se de bons alunos. (Voz passiva)
Bons alunos fazem este curso. (Voz ativa)
Entendeu-se o comunicado. (Voz passiva)
Entenderam o comunicado. (Voz ativa)

Observação – Quando se faz a utilização da voz passiva sintética, sem a presença do agente da passiva, há uma intenção de indeterminar o agente. Não se quer destacar o praticante da ação. Entende-se até que o SE apassivador está sendo utilizado com o fito de indeterminar o sujeito (agente da ação) – tem-se um sujeito paciente, mas não o praticante da ação expressa pelo verbo.

TRANSPOSIÇÃO COM LOCUÇÕES
Os advogados têm apresentado os autos do processo ao juiz. (Voz ativa)
Os autos do processo têm sido apresentados ao juiz pelos advogados. (Voz passiva)
Os novos arquitetos vêm recriando a cidade. (Voz ativa)
A cidade vem sendo recriada pelos novos arquitetos. (Voz passiva)
Para poder realizar o trabalho, é mister que lhe ofereça condições. (Voz ativa)
Para o trabalho poder ser realizado, é mister que  condições lhe sejam oferecidas. (Voz passiva)

 Bons estudos
Até o próximo artigo
Professor Marcelo Braga


Facebook

Depoimentos

  • Davi Emanuel

    Grande professor e amigo Marcelo Braga, grato estou por seus imensuráveis ensinamentos, gerando-me excelentes notas de redação nos vestibulares por mim prestados (60 pontos na UECE e 960 pontos no ENEM.

    Leia mais
  • CAROLINA

    Professor Marcelo,

    As preciosas lições aprendidas em suas aulas e em suas correções de redação foram fundamentais para que eu obtivesse a nota máxima na prova do Tribunal Regional...

    Leia mais
  • Daniel Cristiano Fuman
    Há vários anos, presto concursos públicos, já tendo trabalhado em alguns órgãos como IBGE e INSS. Desde quando estava me preparando para o concurso de Técnico Judiciário do TRT-RS, em 2003, percebi a dificuldade de morar no interior e estar distante de bons cursos preparatórios.

    Leia mais
  • Carlos Manoel
    Professor, só para lhe agradecer pela centésima vez. Passei em outro concurso. Depois de passar para auditor SP, acabei de receber a notícia que passei para auditor em BH. Novamente por conta da "sua redação"!!!!!!

    Leia mais
  • Adriana Castro Araújo
    Grande Professor Marcelo Braga! Obrigada pelas aulas fantásticas de redação (pela dedicação e paciência também) que me levaram a conquistar a nota máxima na prova discursiva do Ministério da Fazenda realizada pela ESAF. 

    Leia mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5